SEJAM BEM VINDOS

Prezados amigos visitantes, sejam bem vindos ao espaço do conhecimento, aqui poderemos fazer intercâmbio, trocar experiências e informações, tudo relacionado ao Serviço Social do Brasil e do Mundo, nós, Miriã Bouças, Elisvânia Araújo, Neuza Conceição, Jucilene Lopes e Andréia Ramos indealizadoras dessa página interativa e acadêmicas do curso de Serviço Social da UNIVERSIDADE ANHANGUERA - UNIDERP EAD, temos o prazer em receber sua visita, sintam-se a vontade e não esqueçam de deixar seus comentários.



segunda-feira, 19 de abril de 2010

HISTÓRICO: SURGIMENTO DO SERVIÇO SOCIAL


Quando estudamos profundamente sobre a História do Serviço Social nos deparamos primeiramente com a idade antiga onde, observamos que naquela época as pessoas necessitadas, doentes e idosas eram de total responsabilidade de suas famílias ou de sua tribo de convívio, sendo assim, as autoridades não lhes davam qualquer assistência seja na área da saúde, habitação nem alimentação, muitas igrejas tinham a função de prestar auxilio aos mais necessitados e a pobreza era tida como castigo dos deuses. Na idade Média marcada pela composição de uma sociedade feudalista que se fundamentava pela posse de terras a caridade era considerada benefício para que se pudesse alcançar a salvação. Com a crise do sistema feudal e as conseqüências por ela geradas como o empobrecimento da dieta alimentar da população, falta de mão de obra, e o surgimento das pestes dá-se inicio a Idade Moderna na qual era necessário conhecer a natureza para se poder explorá-la, com a formação das pequenas cidades protegidas por muros forma-se a Burguesia essa expressão passou a ser usada para designar o grupo que se estabelecia como força econômica, pois estavam entre os grupos que poderiam mudar os meios de produção sempre se dedicando ás atividades de comércio no intuito de obter lucro, no choque entre Feudalismo e Burguesia consolida-se o iluminismo que foi um movimento intelectual centrado na ciência e na racionalidade que recusava o dogmatismo que se refere ao conjunto de preceitos de caráter incontestável segundo a teologia. Ainda na idade moderna os burgueses continuam a prestar serviços de assistencialismo, onde em seguida darão um caráter público e este serviço. Com a chegada da revolução industrial que surgiu no século XVIII na França, podemos notar que se deu inicio à passagem do capitalismo comercial para capitalismo industrial, fazendo com que as cidades obtivessem um crescimento desordenado e acelerado onde causou uma onda de conseqüências desastrosas como a exploração do trabalhador onde crianças e mulheres eram submetidas a jornadas de trabalhos insalubres e com remunerações inferiores a dos homens dentre outras catastróficas situações causadas. Com todas essas injustiças a igreja católica se posiciona não considerando os trabalhadores como escravos e sim trata-los com dignidade como um comportamento cristão. A UCISS União Católica Internacional de Serviço Social que nasceu em 1925 em Milão na Itália, apoiou a criação da primeira escola católica de Serviço Social na América Latina fazendo com que esta denominação religiosa, tivesse uma opinião decisiva na criação das escolas de Serviço Social, contribuiu também para que o assistencialismo leigo desse lugar ao assistencialismo profissional tendo em vista, que essa assistência passou a apresentar caráter profissional no que antes era papel de fiéis cristãos. No período do governo de Getúlio Vargas, compreendido entre os anos de 1937 a 1945 no Brasil um governo ditatorial fatos marcaram o nascimento do Estado Novo como a censura dos meios de comunicação, perseguição e prisão de opositores políticos, greves, protestos e passeatas, criação da Consolidação das Leis de Trabalho garantindo vários direitos aos trabalhadores e também a criação da Justiça do Trabalho. No fim do Estado Novo o Brasil encontra economicamente a atualização industrial e a infra-estrutura. O Estado de Bem Estar conhecido também por Walfare State que surgiu após a 2º Guerra Mundial é um estado assistencial que garante padrões mínimos de educação, saúde e seguridade social aos cidadãos reconhecido também como direito social, está relacionado ao processo de industrialização, seu auge se deu com o crescimento econômico e a oferta de serviços sociais a população, entrou em crise nos anos 1970 pela dificuldade de harmonizar os gastos públicos com o crescimento do movimento capitalista, foi ai que se deu a crise entre Capital e Trabalho. Já no Brasil o Estado de Bem Estar teve seu inicio nos anos 1964 a 1985 no auge da ditadura militar. Em fim a profissão foi oficializada no Brasil através da Lei nº 1989/53, sendo que a profissão de Assistente Social foi regulamentada pela Lei nº 3252, de 27 de agosto de 1957. Na década de noventa, a Lei nº 3252, de 27 de agosto de 1957 foi alterada pela Lei nº 8662, de 07 de junho de 1993 a qual permanece até os dias de hoje.


Publicado por: Miriã Oliveira Bouças

Acadêmica do Curso Serviço Social

Anhanguera - UNIDERP

4 comentários:

  1. adorei o texto.muito bom, ele é claro, objetivo,interessante.

    ResponderExcluir
  2. Gostei to iniciando agora no curso mas gostei bem objectivo

    ResponderExcluir
  3. Tudo que eu estava precisando para refletir com mais clareza sobre o surgimento do Serviço Social, adorei nota 10.

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da forma clara que foi relatado o surgimento do Serviço Social... Valeu mesmo !

    ResponderExcluir